sairlugartrans

os ensaios abaixo foram publicados no livro vocabulário político para processos estéticos, uma obra coletiva feita a muitas vozes, percepções e lugares, a partir de proposição feita pela artista Cristina Ribas. o patrocínio foi da Funarte via edital Rede Nacional, com a participação da residência Capacete, no Rio de Janeiro, e editado pela Editora Aplicação, de Recife. existe uma versão em inglês desse vocabulário, mais breve, publicada digitalmente na universidade de Goldsmiths. participo com os textos sair, lugar, -trans (um radical de palavra em meio a outros), escritos à mão em 2014, um mais antigo sobre as manifestações de junho …

ponte

uma cidade que começa com uma ponte ligando lugar nenhum a lugar nenhum: um monumento ao espaço. ponte venerada por ser matéria; veneração ao concreto. escavadeiras como veículo “que torna o sonho possível”. é como se a decisão de um fosse de muitos, mas não. vilarejo pacato com síndrome de auto-depreciação, alumínio. terras férteis e de bom grado, mas não, escrutínio, quero ser grande, quero ser maior, quero ser super que é para não ter medo, coisificar, tornar planas as montanhas, construir teleféricos inertes, casas sobrepostas – que chique, os arranha-céus! para onde foram os novelos, os sem medo que …