i

reinventar do início, reescrever outros modos. isso e mais.

investigadora crônica, compositora de enigmas, astronomias terráqueas, fogo que se faz. escrita de fortuitos acasos, devaneante-mor, viagens de força-propensão, verborragias sazonais. ama silêncio, vento e agrião, agridoces, sais, aprende com o mar e com as imensidões. vem dos rios e das montanhas pedregosas, úmidas e cheirosas, florestas de pinhais. desentende as cidades, mas coleciona mapas e anda elas inteiras a pé. dízimo de complexidades. a performance começa tímida, hesita, age de última hora, ri, refaz, tira a roupa ou entrecores-brilhos, e sai cantarolando onde for, alto e em voz. risadas. há de se fazer, há de se fazer. (…)

 

artista visual, escritora e pesquisadora.

~ CV

 

vox [redemoinhos d’outro dia] ou partituras de verbos y danças;
ahora : textos, escritos, solfejos y palabras / ritornelo [arquivos de escrita]